Empresa do Vale do Silício terá robôs que fazem entrega

Imagine trabalhar em um espaço enorme ou estudar em um campus universitário onde robôs de seis rodas passem ao seu redor de cinco em cinco minutos.

Os funcionários da incorporadora financeira Intuit, localizada em Mountain View, no Vale do Silício, nos EUA, poderão desfrutar desta nova tecnologia em seu campus. Ao pedir café-da-manhã, almoço e janta no refeitório da empresa, os usuários terão suas refeições entregues por robôs que, além de seis rodas, pesam 10 kg cada um.

Criados pela Starship Technologies, uma startup de entrega autônoma fundada em 2014 por dois co-fundadores da Skype, os novos “entregadores” estão em modo de teste em 20 países ao redor do mundo desde 2015. Agora, a empresa diz que está pronta para seu primeiro grande lançamento comercial.

Empresa do Vale do Silício terá robôs que fazem entrega

“Você faz o pedido e, em seguida, seleciona o ponto onde deseja que o robô o encontre”, disse Janus Friis, co-fundador da Starship, ao The Guardian. “Temos visto uma grande demanda por café da manhã. Por alguma razão, as pessoas simplesmente não querem esperar – querem ir direto ao trabalho e evitar a fila nas primeiras horas do dia ”.

A Starship está propondo a expansão da experiência no campus  da Intuit como um meio-termo entre seus testes em áreas urbanas, onde os robôs da empresa geralmente são acompanhados por manipuladores humanos e um lançamento completo em uma cidade ou subúrbio. Segundo a empresa, a semelhança de um campus com um bairro residencial é ótima para os estágios iniciais do lançamento, já que são bem definidos e planejados, algo que facilita a movimentação dos robôs.

O próximo objetivo é levar o projeto para outros campus dos EUA e também do leste europeu. Em pouco mais de um ano desde que a empresa fez sua primeira entrega mundial – em um restaurante turco especializado em cordeiro e falável , localizado em Londres –  acumulou uma frota global de 150 robôs que realizavam o serviço diário em oito cidades nos EUA, no Reino Unido , Estónia e Alemanha.

Para Arie Halpern, economista e empreendedor com foco em inovação e tecnologias disruptivas, o uso destes robôs para prestação de serviços pode causar uma mudança significativa na vida das pessoas em um futuro próximo. “A entrega como conhecemos, além de serviços nos quais estamos acostumados a ver apenas humanos realizando, devem mudar. Com a ajuda dos robôs, o serviço pode melhorar exponencialmente, o que vai agradar muito o cliente”, conclui.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *