Aplicativo auxilia criadores de gado e melhora a produção de leite no Quênia

Incentivado pelas dificuldades observadas no mercado e se aproveitando do poder dos telefones celulares, o agricultor queniano Su Kahumbu criou o iCow, um aplicativo que funciona com o tipo de celular básico que os agricultores possuem. Cada animal é registrado no serviço, que envia lembretes por SMS ao produtor sobre datas e horários de vacinação, dicas sobre nutrição e reprodução ou informações sobre veterinários locais e fornecedores de inseminação artificial.

O pouco acesso à informação para produtores de gado e leite em menor escala que vivem em áreas remotas dificultava muito o serviço. Detalhes como o preço atual de comercialização do produto, período de gestação das vacas e detalhes sobre doenças são, muitas vezes, privilégios dos fazendeiros com maior renda. Dentro desta realidade, muitos pequenos agricultores do Quênia passaram por dificuldades para manter vivo o seu negócio.

A Indigo Trust, fundação alocada no Reino Unido, ajudou a financiar o desenvolvimento da iCow. Seu executivo Loren Treisman diz: “É emocionante ver um projeto voltado para a tecnologia visando um público inesperado. Os agricultores foram capacitados a melhorarem suas próprias vidas através do acesso a informações agrícolas críticas em vez de dependerem de ajuda. O que nos deixa particularmente entusiasmados é que, em uma empresa social, a equipe da iCow tem um modelo de negócios sustentável que lhes permitirá expandir rapidamente e maximizar seu alcance e impacto sem depender do financiamento contínuo”, disse Loren Treisman, executivo da Trust, ao The Guardian.

A indústria de laticínios no Quênia é enorme, composta e apoiada por uma grande rede de 1,6 milhão de agricultores. A maioria usa métodos rudimentares para gerenciar o ciclo de estro de suas vacas e a produção de leite e estima-se que eles vendam uma média de 3 a 5 litros por dia. No entanto, calculou-se que 15 litros por dia precisam ser produzidos para trazer uma família para a linha da pobreza. Com baixa produção vem a baixa renda, impedindo o investimento em bons alimentos para animais e prevenção de doenças. A falta de investimento leva à baixa produção e isso gera uma armadilha da pobreza. O surgimento do iCow facilitou a vida dos criadores de gado e potencializou a produção de leite na região.

“O melhor do iCow é que quando você usa o aplicativo e adere a todas as instruções, suas vacas acabam ficando mais saudáveis, maiores e fortes. Elas podem facilmente buscar mais dinheiro no mercado. Todo agricultor esperto usará o aplicativo”, disse Ian Tucker, um agricultor de pequena escala baseado no planalto central do Quênia, à revista Forbes.

Para Arie Halpern economista e empreendedor com foco em inovação e tecnologias disruptivas, o mundo necessita de novas tecnologias que auxiliem àqueles com pouco acesso à informação, assim como instituições que incentivem estas iniciativas. “O iCow, assim como o Cardiopad, são ótimos exemplos de como o avanço da tecnologia pode influenciar positivamente em sua atividade, seja ela ligada à medicina, agricultura ou qualquer outro  negócio”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *