Arie Halpern lista 10 filmes para entusiastas da tecnologia

Antes de se tornar realidade, muitas das novas tecnologias apareceram primeiro nas telas de cinema. Assim aconteceu com os robôs, submarinos e outras dezenas de dispositivos que hoje são corriqueiros.  Graças aos efeitos de computação, o cinema consegue transmitir uma imagem fiel de como seria um futuro não muito distante. Sob esse ponto de vista, o economista e especialista em tecnologias disruptivas, Arie Halpern lista 10 filmes para entusiastas da tecnologia.

Matrix – O filme aborda a capacidade da tecnologia em criar realidades artificiais. Na narrativa, toda a humanidade vive uma ilusão criada por programas de computador. Nada do que sentimos é real e todos os seres humanos estão conectados, desde a infância, a máquinas que nos fazem enxergar um mundo irreal e sentir coisas programadas. Nesse contexto, Keanu Reeves é recrutado para conhecer o mundo como ele realmente é e lutar contra a farsa imposta aos seres humanos.

Arie Halpern lista os 10 principais filmes para entusiastas da tecnologia

Arie Halpern lista os 10 principais filmes para entusiastas da tecnologia

Ela – O filme trata de um tema polêmico: o relacionamento afetivo entre homens e máquinas. Na história, a personagem do ator Joaquin Phoenix passa por uma desilusão amorosa e acaba se relacionando com uma máquina dotada de um avançado sistema de inteligência artificial – dublado pela voz de Scarlet Johanson.  O inesperado acontece quando o protagonista se apaixona completamente pela máquina e tropeça nas barreiras entre o real e o digital.

2001 uma odisséia no Espaço – O clássico de Stanley Kubrick pode ser dividido em duas etapas: o começo da humanidade e o futuro da raça humana. Após explorar a relação entre os primatas que dariam origem ao homem moderno e as ferramentas que permitiram a sua ascensão, Kubrick nos mostra como a máquina pode ser a ruína da humanidade. O filme foi revolucionário e explorou conceitos avançadíssimos para a época em que foi lançado – 1968 – como viagens espaciais e inteligência artificial. O  vilão do filme é um computador chamado Hall 9000 que coloca em risco a vida dos seres humanos para preservar informações as quais foi programado para proteger.

Eu, Robô – O filme é baseado em um conceito criado por Isaac Asimov de que o robô, um dia, poderia voltar-se contra nós. Na narrativa, Will Smith é um policial com aversões a robôs, vivendo em um mundo onde cada ser humano possui uma máquina humanoide como assistente pessoal. No meio da trama, os robôs se rebelam contra os seres humanos e apenas Will Smith pode salvar a humanidade, mas para isso, necessita da ajuda de um robô que não segue as ordens dos demais.

Ex Machina: Instinto Artificial – Um jovem programador de computadores é escolhido para testar a inteligência artificial da última criação da empresa onde trabalha: um robô com aparência feminina e um incrível poder de sedução. A situação se complica quando a androide começa a mexer com a mente do programador, colocando sua relação com a empresa e com seu trabalho em conflito.

Blade Runner – Esse é um clássico da ficção científica, lançado em 1982, cuja história se passa em um ano não muito distante para nós: 2019. Na trama, Harrison Ford é um caçador de androides e sua missão é conseguir diferenciar esses robôs dos seres humanos comuns, uma vez que os mesmos imitam todos os aspectos físicos de uma pessoa normal. O filme é cheio de aparatos tecnológicos como carros voadores e armas de raios que, infelizmente, não são realidade. Ainda.

Transcendece: A Revolução – Johnny Depp vive a maior autoridade envolvida na pesquisa da inteligência artificial. Após sofrer um atentado, sua mente é acoplada a um computador de grande capacidade tecnológica, criado por ele. As atitudes frias e calculistas da máquina começam a levantar suspeitas se ela realmente age com as emoções de seu criador ou se a mente do pesquisador foi totalmente substituida pela inteligência artificial.

Metrópolis – Esse pode ser considerado o primeiro filme a tratar sobre o tema inteligência artificial no mundo.  Lançado em 1927, retrata o longínquo ano de 2026. Na trama, o planeta terra foi quase que completamente devastado e uma nova ordem mundial impera: os poderosos vivem na superfície da Terra, enquanto os trabalhadores sobrevivem no subterrâneo, trabalhando incessantemente para conseguir manter a estrutura restante do planeta. Um robô recém-criado na superfície é enviado para vigiar os operários, porém, ao se deparar com as condições de vida no subterrâneo, começa a semear a discórdia entre os trabalhadores.

Piratas da Informática – O filme conta as histórias de criação da Apple e Microsoft, através de parte das biografias de seus fundadores, Steve Jobs e Bill Gates, respectivamente. O filme é polêmico, pois mostra algumas atitudes mesquinhas dos dois principais magnatas da computação.

Inteligência Artificial – Dirigido por Steven Spielberg, o filme conta a história de um menino robô criado para substituir um garoto que morreu em um acidente. Apesar de a inteligência artificial do menino ser incrivelmente semelhante a de um ser humano, o garoto sofre enorme preconceito, tanto das pessoas quanto de outras máquinas, e precisa repensar constantemente sua existência e sua condição não-humana.


Comentários

Arie Halpern lista 10 filmes para entusiastas da tecnologia — 1 comentário

  1. 2001 Uma Odisséia no Espaço , sem a menor dúvida !!! Eu tinha aoenas 10 anos e seus conceitos, sua revolução estiveram por anos a fio, certamente por TODA minha adolescência na minha cabeça. Um pouco saudoso, mas definiu o meu desejo de trabalhar com tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *