Arie Halpern lista seis aplicativos que ensinam idiomas

Arie Halpern lista seis aplicativos que ensinam idiomas

Arie Halpern lista seis aplicativos que ensinam idiomas

Dominar outros idiomas, além do inglês, que já é considerado quase obrigatório, é uma das condições para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho. Com a ajuda de aplicativos de ensino ficou mais fácil  o processo de aprendizagem. Práticos, interativos e eficazes, eles possibilitam a aprendizagem de diversas línguas com um custo bem menor – ou zero – em relação às escolas tradicionais. Mas você sabe reconhecer os melhores apps para essa finalidade? O economista e especialista em tecnologias disruptivas, Arie Halpern, lista seis aplicativos que ensinam idiomas e oferecem métodos diferenciados.

Duolingo – Totalmente gratuito e similar a um jogo para celular, o aplicativo possui no total 23 idiomas cadastrados. As aulas são apresentadas no formato de pequenos desafios que incluem perguntas de múltipla escolha, reconhecimento de imagens e de sons, além de conversação. Na medida em que o aluno faz as lições, vai ganhando pontos e medalhas por cada módulo completado. Com o passar do tempo, caso o aluno deixe de treinar a língua, as medalhas conquistadas vão se “apagando”, sinalizando que a aula deve ser refeita ou praticada para voltar à condição anterior. Todo o progresso com o idioma pode ser adicionado diretamente ao LinkedIn do usuário.

Busuu – Rede social voltada para o ensino de outros idiomas. Com a possibilidade de optar por cursos pagos ou gratuitos, o usuário pode ter suas lições corrigidas por nativos do idioma escolhido. Da mesma forma, ao fazer o cadastro, é possível optar por corrigir lições de outros usuários realizadas em sua língua nativa. Ao atingir a meta de 3 mil palavras-chave de determindo idioma, a rede social do aplicativo se expande, permitindo que o usuário interaja com todos os outros falantes daquela língua.

Babbel – Um aplicativo que permite fazer o download de aulas de conversação. Com opções de aulas gratuitas e pagas, é possível escolher apenas os módulos que deseja aprender (animais, profissões, etc). Todas as aulas focam na pronúncia e o aplicativo possui um sistema de reconhecimento de voz para avaliar o nível de fluência do participante. A possibilidade de baixar as aulas permite que a lição seja feita mesmo quando não há conexão com a internet.

HiNative – Plataforma para interação com pessoas fluentes no idioma que se deseja aprender. O aplicativo permite que o aluno converse diretamente com falantes nativos do idioma escolhido, através de questionários pré-definidos. Perguntas do tipo “como se diz isto?” “isto soa natural?” “qual é a diferença entre isso e aquilo” podem ser enviadas para aprimorar o idioma e tirar dúvidas pontuais.

LinguaLeo – Um aplicativo que ensina inglês brincando. As aulas utilizam músicas, piadas e até cenas de filmes famosos na história de Hollywood, tudo com o objetivo de para facilitar o aprendizado. A maior parte do conteúdo só pode ser acessada após depositar o pagamento numa conta premium, porém há muito conteúdo gratuito que pode ser aproveitado.

Librazuka – App 100% brasileiro dedicado ao ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Desenvolvido por estudantes do curso de Ciências e Computação da São Judas, a plataforma apresenta módulos teóricos (alfabeto, números e gramática) e opções que envolvem realidade aumentada. Ao posicionar a câmera do celular sobre uma imagem, exibe uma pequena animação com o sinal de Libras correspondente à imagem. Além da representação em forma de desenho de todas as palavras ensinadas, há explicações sobre o correto posicionamento das mãos, ponto de articulação etc.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *