As 10 mais inovadoras em biotecnologia

A revista Fast Company publicou a lista das empresas de biotecnologia mais inovadoras do momento. Novas descobertas para o combate à covid-19, como não poderia deixar de ser, já que o assunto domina as atenções em todo o mundo há mais de um ano, foram o ponto alto.

Mais da metade das empresas selecionadas estão na lista por avanços relacionados ao enfrentamento da pandemia e pelo prazo recorde com que viabilizaram vacinas e testes para detectar o novo coronavírus.

Mas a lista também tem lugar para tratamentos de outras doenças e inseticida industrial. “As novas descobertas indicam que temos muito a avançar com a inovação disruptiva no campo da biologia”, diz Arie Halpern, especialista em tecnologias disruptivas.

Eis a lista:

  • 1. Pfizer-Biontech
    Primeira a comercializar uma vacina contra a covid-19, a farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com alemã BioNTech, desenvolveu a primeira vacina usando DNA mensageiro (mDNA) e em tempo recorde, menos de um ano após o sequenciamento genético do novo coronavírus. Também a primeira a obter autorização para uso emergencial da Food and Drug Administration (FDA), a agência sanitária dos Estados Unidos.
  • 2. Moderna
    A segunda vacina contra covid-19 que recebeu aprovação do FDA foi desenvolvida pela Moderna também usando a técnica mRNA. A vantagem em relação à da Pfizer é poder ser armazenada em temperatura similar a de outras vacinas. A empresa está desenvolvendo outras vacinas de mRNA e terapêuticas que estão em ensaios de Fase 1 ou 2.
  • 3. Biobot Analytics
    A startup Biobot Analytics usa ensaios genômicos e químicos e análises de dados para detectar vírus e bactérias no esgoto. Com a eclosão da civid-19, a empresa rapidamente descobriu como detectar o novo coronavírus no esgoto. Com isso, possibilitou identificar um foco da doença antes mesmo que os testes, pois muitas pessoas são assintomáticas, mas transmitem o vírus.
  • 4. AstraZeneca e Oxford University
    Diferentemente das vacinas da Moderna e da Pfizer, a desenvolvida pela parceria entre a AstraZeneca e a Universidade de Oxford usa DNA inserido dentro de um vírus modificado de resfriado de chimpanzé para induzir as células humanas a produzirem antígenos do coronavírus.
  • 5. Zymergen
    A empresa de biotecnologia usa micróbios projetados que produzem moléculas usadas em pesticidas, ração animal, bioplásticos e outros materiais sustentáveis. Em parceria com a japonesa Sumitomo Chemical, lançou um filme superfino que pode ser usado em dispositivos eletrônicos como telas sensíveis ao toque que, além de não usar produtos petroquímicos, usa menos energia, aumentando a vida útil da bateria. A empresa também desenvolveu cepas microbianas que otimizam a produção de ração animal, reduzindo as emissões de CO2.
  • 6. Twist Bioscience
    Um dos principais fabricantes de DNA sintético para uso industrial e em pesquisa, a Twist Bioscience adaptou seu foco e desenvolveu rapidamente uma versão sintética controlada do vírus SARS-CoV-2, que tem sido usada por vários laboratórios para desenvolver e validar testes de anticorpos para o vírus.
  • 7. GlaxoSmithkline
    Nos últimos dois anos, a GlaxoSmithKline (GSK) obteve uma série de aprovações para medicamentos e vacinas e em parceria com as empresas pioneiras na técnica de melhoramento genético CRISPR (Clustered regularly interspaced short palindromic repeat). E está desenvolvendo cerca de 30 novos procedimentos para detecção precoce de câncer e doenças neurológicas, cardiovasculares e metabólicas.
  • 8. Sherlock Biosciences
    A empresa de diagnósticos desenvolveu o primeiro kit de teste SARS-CoV-2 baseado em CRISPR, autorizado pelo FDA. Ele apresenta os resultados em cerca de uma hora, em comparação com testes tradicionais que levam entre quatro e seis horas. A empresa recebeu uma doação de US$ 5 milhões da Fundação Bill & Melinda Gates para desenvolver uma versão descartável do teste.
  • 9. Atomwise
    A Atomwise usa uma plataforma de inteligência artificial para descobrir novos medicamentos a partir de um processo estruturado usando moléculas pequenas, o que reduz significativamente o ciclo de desenvolvimento. Em parceria com a biofarmacêutica chinesa Hansoh Pharma, está desenvolvendo novos medicamentos oncológicos.
  • 10. 10X Genomics
    A 10X Genomics fabrica hardware e software para análises de células únicas, ajudando os pesquisadores a identificar mudanças celulares em tipos específicos de tecido ou seções de um tumor. Com uma nova ferramenta de perfil molecular espacial, possibilita aos pesquisadores observar como as células estão organizadas em relação umas às outras, para criar mapas de expressão gênica em um tumor ou amostra de tecido e desenvolver novos tratamentos específicos.