Bateria portátil: uma aposta do mercado

Bateria flexível da Panasonic consegue manter carga apos ser dobrada (Fonte: The Verge)

Bateria flexível da Panasonic consegue manter carga apos ser dobrada (Fonte: The Verge)

Na edição deste ano da feira de tecnologia japonesa Ceatec, o público conhecerá uma bateria de lítio flexível, criada pela Panasonic. O desenvolvimento de baterias desse tipo está sendo impulsionado pelo crescimento de dispositivos wearables, que necessitam de maior amplitude de movimento. A bateria criada pela Panasonic não é a única do tipo, mas  é um dos maiores avanços vistos na área até o momento, segundo o portal The Verge, por não perderem sua capacidade de carga ao serem dobradas.

Ainda em estado inicial de desenvolvimento, a bateria tem 0,55 milímetros de espessura e pode ser dobrada até um ângulo de 25 graus sem perder sua capacidade de carga. Ela é capaz de armazenar até 60mAh (para comparação, a bateria do iPhone 7 armazena 1.960 mAh), quantidade ainda incapaz de alimentar um smartphone, mas viável para uso em roupas inteligentes ou smart cards.

Outras empresas também estão desenvolvendo suas próprias baterias portáteis, como a LG e a Samsung, que criaram em parceria uma bateria em formato de pulseira para aumentar a capacidade de baterias de smartwatches. No entanto, ainda levará alguns anos até que esses equipamentos possam ser usados comercialmente.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *