Bluetooth low energy: a tecnologia que está transformando o cotidiano

A tecnologia Bluetooth é a pedra angular dos controladores de jogos móveis e de console, um componente-chave em equipamentos domésticos inteligentes modernos, rastreadores de fitness e redes mesh que são cada vez mais úteis para aplicações industriais. Em abril, a empresa Bluetooth lançou seu relatório anual “2022 Market Update”, que fornece previsões de mercado, tendências e previsões para o uso dessa tecnologia. Desenvolvido em parceria com a ABI Research, o documento prevê que a influência do bluetooth low energy (LE) impulsionará a inovação de dispositivos periféricos – equipamentos cujo mercado pode triplicar nos próximos cinco anos.

O bluetooth faz parte do cotidiano de qualquer pessoa que utiliza dispositivos móveis. Ele cobre tudo, desde áudio para fones de ouvido e alto-falantes sem fio, emparelhamento de controladores e teclados de jogos, vinculação de conexões à Internet e até mesmo transferência de arquivos ocasionalmente pelo ar. “Com o avanço da Internet das coisas, este recurso, que se torna mais útil a cada ano, tende a se expandir de forma muito mais intensa”, afirma Arie Halpern, empresário e especialista em tecnologias disruptivas.

 

De onde surgiu o nome Bluetooth?

Talvez você pense que o nome bluetooth ou, dente azul, tenha a ver com a mente criativa de algum publicitário ou profissional de tecnologia. Mas, o termo remete a uma história bem mais antiga. O nome bluetooth está relacionado ao Rei Harold I da Dinamarca (935 a.c à 963 a.c). Seu nome em dinamarquês era Harald Blåtand e ele teria sido o responsável por unir a Dinamarca à Noruega e pela conversão desses locais ao cristianismo, mesmo contra os ensinamentos de seu pai que era um fervoroso cultuador de Odin, o Deus viking.

Há várias supostas explicações para o apelido do Rei do Dente Azul. A mais difundida é de que ele possuía um dente doente, de coloração escura; mas há quem diga que era pela quantidade de mirtilos que o monarca comia. A analogia entre a história e a tecnologia se encontra no fato de que, assim como ele uniu os reinos dinamarqueses e noruegueses, a tecnologia com o nome bluetooth é capaz de unir os dispositivos.

Outra curiosidade diz respeito ao logo do bluetooth. Ele representa a união de duas runas nórdicas, Hagall e Berkanan, que correspondem às letras H e B no nosso alfabeto, ou seja, uma referência ao nome do rei. O alfabeto rúnico é uma forma antiga de oráculo que era utilizada por tribos germânicas e nórdicas.

A tecnologia surgiu na década de 1990. Trabalhando na divisão de telefonia móvel da Ericsson, o engenheiro holandês Jaap Haartsen encontrou uma maneira revolucionária de conectar aparelhos eletrônicos uns aos outros a curto alcance sem o uso de cabos, usando uma variedade de frequências de rádio de baixa potência. A inovação rapidamente ganhou adeptos e tornou-se um padrão de conexão de equipamentos, cujas aplicações tornam-se cada dia mais variadas e mais presentes no dia-a-dia de toda a sociedade.