Cientistas criam teste de HIV feito com USB

USB é utilizado para teste de HIV (Imagem de divulgação)

USB é utilizado para teste de HIV (Imagem de divulgação)

Pesquisadores da Imperial College London, em parceria com a Scientific Reports e DNA Eletronics, criaram um novo método de realizar testes para descobrir se uma pessoa é HIV positivo ou não por meio de um USB, segundo o portal TechCrunch. Após uma picada semelhante à realizada por aparelhos de medição de diabetes, um chip dentro do USB calcula os níveis de HIV encontrados no sangue da pessoa.

Ao ser conectado a um computador, os resultados ficam prontos e podem ser lidos em menos de meia hora. De acordo com o portal Phys, a precisão do teste é de 95%. O portal TechCrunch também aponta que o teste pode ser mais útil para pacientes que já sabem que são HIV positivo, já que o teste consegue captar os níveis do vírus no sangue e, assim, seria possível determinar se os remédios estão fazendo efeito de forma correta.

A equipe responsável pelo projeto quer fazer testes para saber se o dispositivo consegue medir outras doenças, como a hepatite. O professor Chris Toumazou, fundador da DNA Eletronics, disse a Phys que o projeto é um grande exemplo de como novas análises tecnologias tem potencial para transformar a vida de pessoas que vivem com HIV. “Na DNA, já estamos utilizando está tecnologia altamente adaptável para chamar a atenção para questões globais de saúde, em que o tempo de tratamento é crítico”, conclui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *