Cientistas desenvolvem tecnologia que cria hologramas com wifi

Holograma por wifi é desenvolvido por pesquisadores alemães

Um grupo de pesquisadores alemães desenvolveu um método que aproveita as ondas eletromagnéticas dos roteadores de wifi para criar imagens holográficas em 3D de objetos reais. O mais curioso é que essas imagens podem ser reproduzidas através de muros e paredes, pela mesma razão que podemos navegar na internet usando um roteador sem fio em outro local.

A pesquisa, inicialmente desenvolvida para uma tese de graduação, cresceu e foi publicada no Physical Review Letters no início deste mês.

Por estar em toda parte, as ondas eletromagnéticas de um roteador foram usadas pelo grupo para reproduzir a imagem holográfica de uma cruz de alumínio de dentro de uma sala. A técnica utilizada no estudo foi capaz de fornecer a imagem 10 vezes por segundo e ainda recriar a figura de um edifício inteiro, em uma simulação em grande escala.

O sistema funciona assim: uma antena fixa registra uma espécie de espelho do local onde ela se encontra, servindo de referência para outra antena móvel fora do ambiente, que serve como interceptora do que há na sala.

O sistema não é preciso o suficiente para distinguir muitos detalhes. “Se há uma xícara de café sobre uma mesa, você pode ver que algo está lá, mas não enxerga seu formato”, contou Philipp Roll, co-autor do projeto, para o portal Business Insider. “No entanto, você poderá enxergar a forma de uma pessoa, de um cão ou qualquer objeto que tenha mais de quatro centímentros”.

A inovação ainda está em processo de desenvolvimento, mas a intenção da equipe é que, no futuro, a tecnologia possa ser usada em desastres. Por meio desses hologramas, será possível identificar pessoas e animais soterrados e auxiliá-los no resgate dentro de escombros. Para esse fim, ainda há muito o que evoluir, já que um ambiente com muitas coisas, como estruturas metálicas, pode comprometer o uso. Enquanto isso, à medida em que o sistema se desenvolve, uma preocupação nasce: a privacidade.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *