Cola cirúrgica pode fechar feridas em até um minuto

Uma equipe de pesquisadores dos Estados Unidos e da Austrália desenvolveu uma cola cirúrgica batizada de MeTro que fecha feridas em até um minuto sem a necessidade de pontos ou grampos. A substância ainda precisa ser testada em humanos, mas, uma vez aprovada sua eficácia, seria de grande importância em procedimentos cirúrgicos e em situações de emergência.

Para reparar rapidamente órgãos e tecidos perfurados, médicos-cirurgiões costumam usar grampos, suturas ou linhas para fechar feridas e evitar a perda de muito sangue. Tais procedimentos, no entanto, nem sempre são tão simples, principalmente em áreas de difícil acesso.

O material também funciona em feridas internas que estão muitas vezes em áreas de difícil alcance e que geralmente exigem grampos ou suturas por conta do fluido corporal que atrapalha na vedação.

“Um bom vedante cirúrgico precisa ter uma combinação de características: ser elástico, adesivo, não tóxico e biocompatível”, disse Nasim Annabi, professor assistente da Universidade de Northeastern. “A maioria dos selantes no mercado possui uma ou duas dessas características, mas não todas elas”.

Os professores envolvidos no projeto testaram a cola com sucesso na incisão de artérias e pulmões de ratos e no reparo de feriadas em pulmões de porcos.
“MeTro é uma abreviatura de tropoelastina substituída com metacriloilo – uma proteína derivada das fibras elásticas que compõem tecido humano”, explicaram os autores.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *