Como a tecnologia torna a escola mais interessante

Na era digital, a educação é uma das áreas que mais vem se transformando. Mas como manter a atenção de alunos ultra-conectados e interativos? Como ajudá-los a desenvolver as competências necessárias para lidar com uma realidade em constante transformação? Invenções com o propósito de disseminar conhecimento vem contribuindo para transformar a sala de aula num ambiente mais motivador e interativo, potencializando o processo de aprendizagem dos alunos. As inovações voltadas para a área da educação promovem a inclusão e a interação, oferecendo aos alunos uma nova visão do conteúdo didático por meio da exploração de diversos tipos de mídia.

Segundo uma recente pesquisa da IT Trade Association CompTIA, cerca de 75% dos educadores acreditam que a tecnologia tem um impacto positivo no processo educacional. Para as crianças, essa percepção positiva em relação à tecnologia com certeza é ainda maior.

A convergência de diversos tipos de mídia inspirou a criação da plataforma Glogster, um espaço para os alunos publicarem fotos, vídeos, textos e músicas de modo compartilhado. A ferramenta é parecida com um painel multimídia, porém mais intuitivo e com recursos específicos para a disseminação de conhecimento. O Glogster permite atualizar constantemente as páginas e ter à disposição uma grande quantidade de recursos como adesivos, lembretes, entre outros. Também é um recursos interessante para professores, uma vez que as páginas criadas podem ser modificadas por outros usuários, permitindo a criação e edição de aulas sobre diversos assuntos com participação direta dos alunos.

As redes sociais, tão presentes nas vidas dos jovens, também ganharam espaço na sala de aula. O Edmodo é uma rede social escolar que possibilita a alunos e professores interagir e disseminar conteúdo. Ao invés de comunidades baseadas em interesses, os alunos escolhem grupos sobre os temas que desejam estudar. Lá, diversos professores criam tópicos baseados no assunto e tiram dúvidas dos estudantes, ou propõem exercícios sobre o tema. A rede também é prática para trabalhos em grupo, pois conecta alunos que não podem se reunir pessoalmente para a realização de atividades.

Veja também: Empresa cria robô Einstein para ensinar ciência para crianças

A tecnologia também é importante para tornar mais atrativa as matérias mais temidas pelos alunos, como é o caso da matemática. O app Photomath promete desmistificar problemas matemáticos e atrair a atenção de crianças e adolescentes para a matéria. Para entender qualquer problema passado pelo professor, basta tirar uma foto da expressão aritmética que o aplicativo resolve o problema sozinho. Mais importante que dar apenas o resultado da equação, o sistema mostra o passo a passo da resolução do problema, possibilitando ao aluno uma melhor compreensão da matéria.

Até mesmo o Google se engajou no processo educativo, criando uma aplicação específica para o chrome chamada MyHomework Student Planner. Mais que uma agenda digital, essa plataforma auxilia o estudante, respeitando o ritmo de cada indivíduo. Com os recursos de calendário, o estudante organiza lições, provas e entregas de trabalhos, sendo possível inclusive compartilhar as datas de tarefas entre grupos de pessoas. Também é possível criar planos de estudo para cada matéria, com recursos que permitem intervenção dos professores para melhorar a agenda de estudos dos alunos.

As ferramentas de aprendizagem devem levar em conta a individualidade de crianças e adolescentes. Esse é um aspecto muito importante na vida do jovem, portanto, a escola e os instrumentos de aprendizagem devem respeitar a personalidade e o ritmo de cada aluno. É importante ter em mente que o jovem sempre irá possuir maior facilidade com o aprendizado de tudo o que é tecnológico e, se for possível aliar a tecnologia ao aprendizado, isso será benéfico para a criança.

Publicado em Reflexões Link Permanente

Sobre Arie Halpern

Arie Halpern é um economista e empresário com vocação para inovações. Criou empresas alinhadas ao conceito de tecnologia disruptiva, como a CTF Technologies, e atualmente é diretor da irlandesa Tonisity, que desenvolveu uma tecnologia inovadora em nutrição e bem estar de porquinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *