Drones irão transportar sangue e remédios na Suíça em outubro

Drones irão transportar sangue e remédios na Suíça em outubro

No próximo mês, os hospitais suíços passam a ganhar um aliado tecnológico para sanar uma das principais dificuldades na área da emergência hospitalar: o transporte de materiais, como remédios, sangue e até mesmo órgãos.

Em parceria com a empresa de tecnologia norte-americana Matternet, criadora de uma rede de drones autônomos, o governo local vai começar a implementar o sistema em todo o país. Nesta quarta-feira, a fabricante anunciou o término do “terceiro e último componente tecnológico” para tornar realidade o sistema de transporte. Essa é primeira vez que uma empresa consegue uma permissão para operar em áreas povoadas.

A Estação Matternet, como será chamada a rede de drones, consistirá em uma plataforma de carregamento e outra plataforma inteligente para lançamento e pouso que permitirá que os hospitais enviem e recebam materiais e amostras necessárias para emergências.

“Os principais benefícios que este novo sistema está levando aos hospitais é tornar operações delicadas em algo mais prático e simples”, conta o CEO da Matternet, Andreas Raptopoulos ao portal Mashable. “Esperamos que isso melhore a qualidade dos cuidados aos pacientes hospitalares e que traga economias significativas aos hospitais”.

Quando um paciente precisar com urgência de uma transfusão de sangue ou de algum remédio indisponível no hospital, ao invés de depender de boas condições de trânsito nas rodovias, o drone autônomo seria enviado em uma caixa padronizada com um código QR, que só poderá ser desbloqueada por um técnico responsável ao digitalizar o código pelo telefone.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *