e-Books sofrem com vendas menores

Quando os e-Books chegaram ao mercado e caíram nas graças dos leitores, a indústria dos livros físicos se sentiu ameaçada pela inovação. Mas, ao que parece, os tempos de intimidação ficaram para trás. Segundo números divulgados pela Association of American Publishers, obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo, as vendas dos e-Books caíram 11% nos primeiros nove meses de 2015 nos EUA em comparação ao mesmo período de 2014. Na Europa, o enfraquecimento do mercado de livro eletrônico pode ser medido pelos resultados. Em 2014, o lucro do setor foi de US$ 818 milhões, mas recuou para US$ 758 milhões em 2015, e a perspectiva é de que o resultado em perdendo força – estima-se que recue para US$ 438 milhões.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *