Empresa norueguesa planeja instalar parque eólico flutuante sobre o mar

Empresa norueguesa lana primeiro parque eólico flutuante do mundo (Imagem de divulgação)

Empresa norueguesa lana primeiro parque eólico flutuante do mundo (Imagem de divulgação)

A norueguesa de energia Statoil and Siemens planeja criar o primeiro parque eólico do mundo que fica na superfície do oceano. Este mês, a empresa instalou sua primeira turbina eólica na costa da Escócia.

A primeira etapa do projeto prevê cinco turbinas instaladas, cada uma capaz de gerar seis megawatts de energia. Cada turbina é conectada a um conjunto de cabos que permite que elas flutuem sem sair do lugar e ainda que sejam capazes de virar as hélices para direções diferentes, aproveitando melhor os ventos. Essas turbinas operam em profundidades de até 1000 metros.

O projeto, no entanto, é caro. Um estudo feito em 2014 pelo jornal Renewable Energy concluiu que o custo para gerar energia de turbinas flutuantes varia entre US$ 93 e US$ 268 por megawatt-hora. Avanços em tecnologia e produção em massa podem baixar os custos do projeto.

“Statoil está orgulhosa de desenvolver o primeiro parque eólico flutuante. Nosso objetivo com o projeto-piloto é demonstrar a viabilidade comercial em larga escala desses parques”, diz Irene Rummelhoff, executiva da Statoil e vice-presidente da New Energy Solutions no site oficial da companhia. “Isso aumentará ainda mais o potencial do mercado mundial de energia eólica na costa, contribuindo para o crescimento rentável em energia renovável e outras soluções de baixo carbono.”


Comentários

Empresa norueguesa planeja instalar parque eólico flutuante sobre o mar — 1 comentário

  1. Boa tarde,

    Fiquei muito feliz em saber da sua atuação em projetos tão relevantes para o social.

    Forte abraço, de seu ex funcionário CTF e atualmente aposentado pela IPIRANGA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *