Hackers invadem sistema de transporte de San Francisco

Hacker conseguiu paralisar o sistema de venda de bilhetes de transporte público em San Francisco

Hackers conseguiram paralisar o sistema de venda de bilhetes de transporte público em San Francisco

Desde sexta-feira, 25, os usuários de transporte público na cidade de San Francisco, Califórnia, não precisam pagar para utilizar o serviço. Isso porque um grupo de hackers invadiu o sistema da cidade e conseguiu tomar o controle aproximadamente duas mil máquinas responsáveis pelas vendas dos bilhetes. Segundo  o porta-voz da Muni, empresa de transportes da cidade, de acordo com o jornal “O Globo”, as catracas foram liberadas para evitar problemas e minimizar o impacto aos consumidores.

Para liberar o sistema, os hackers pediram um pagamento de 100 bitcoins, equivalente a US$ 70 mil. O portal da BBC afirma que o sistema de transporte não foi afetado pelos invasores, apenas as máquinas de compra. Uma fonte do site informou que não há riscos para a segurança dos sistemas ou para as informações pessoais dos usuários, e que o incidente está sob investigação.

O portal The Next Web aponta que invasões de sistema como essas ocorrem ao se baixar arquivos maliciosos para o computador. A Muni não deu declarações sobre como os hackers conseguiram acessar o sistema.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *