IBM explica inteligência artificial para leigos

Mercado de inteligência artificial deve crescer 44%

IBM responde dúvidas da Casa Branca sobre inteligencia artificial

A IBM, empresa norte-americana do setor de informática, publicou um artigo em seu site explicando os principais pontos da inteligência artificial, seu uso e funcionamento. O artigo é uma resposta a um pedido formal feito pela Casa Branca sobre as possibilidades e usos da IA. As informações são do portal TechCrunch.

O pedido do governo dos Estados Unidos dizia que “os pontos de vista do povo americano, incluindo as partes interessadas, tais como os consumidores, pesquisadores acadêmicos e da indústria, empresas privadas e fundações de caridade, são importantes para formar um entendimento das necessidades futuras da inteligência artificial em diversos campos”. O governo pontuou diversos tópicos específicos para seus questionamentos, como quais devem ser os focos das pesquisas, o potencial da tecnologia para abuso de podere para o bem comum.

Apesar de o pedido não ter sido destinado a nenhuma empresa específica, a IBM decidiu respondê-lo com um artigo próprio. Cada tópico apresentado foi respondido de forma clara e direta, que pode ser compreendido mesmo por iniciantes no assunto. “Acreditamos que muitas das ambiguidades e ineficiências do sistema crítico que facilita a vida neste planeta possa ser eliminada. E acreditamos que os sistemas de inteligência artificial são ferramentas que vão nos ajudar a realizar esse ambicioso objetivo”, disse a IBM no artigo.

A IBM tem trabalhado com a tecnologia de inteligência artificial há 50 anos e seus estudos na área ficaram famosos em 2011, quando o supercomputador Watson venceu a competição de perguntas e respostas Jeopardy! contra dois concorrentes humanos. Com esse artigo, a IBM mostra ter um olhar fundamentalmente otimista sobre o que acredita ser o estado atual e futuro da IA e seus riscos.

O artigo completo da IBM pode ser lido aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *