Índia quer usar táxis futuristas para combater congestionamento

Índia busca meios de transporte alternativos para combater engarrafamentos

Índia busca meios de transporte alternativos para combater engarrafamentos

A cidade de Gurgaon, na região de Nova Delhi, na Índia, é conhecida por ser o local das sedes nacionais de empresas como Google, Microsoft e Apple e, agora, por iniciar um projeto que utiliza pods (ou cápsulas, em português) elétricos e autônomos para aliviar os problemas de trânsito enfrentados por milhares de pessoas que se deslocam para os seus escritórios diariamente. As informações são do portal Mashable.

O projeto prevê conectar as fronteiras de Delhi com o interior de Gurgaon, com 16 estações espalhadas em uma área de 13 quilômetros. Os pods se locomoverão em intervalos regulares através de trilhos suspensos, quase como um teleférico. A velocidade média dos pods será de 60 km/h e cada um deles poderá transportar até seis passageiros por viagem. O projeto estima que os trilhos transportarão até 30 mil passageiros por dia e será construído com um custo aproximado de US$ 126 milhões, valor menor do que o necessário para construir uma rede de metrô que cubra a mesma distância.

O governo indiano está atualmente processando as ofertas que recebeu de companhias globais para construir a estrutura de transporte e deve fazer um anúncio até o mês que vem. A expectativa é que a construção reduza o tráfego na Rodovia 8, que conecta as duas cidades com o aeroporto internacional da região. Ainda há dúvidas, no entanto, se o projeto terá escala suficiente para melhorar o trânsito da região ou se seria mais eficiente investir em métodos de transporte públicos tradicionais. Um projeto semelhante foi iniciado em 2011 na cidade de Amritsar, mas foi abandonado em 2014 após receber diversas críticas de comerciantes e moradores da região.

Relatos sobre o projeto sugerem que o serviço de táxi será semelhante ao Skytran, uma startup parceira da NASA que pretende mudar o transporte público por meio da construção de uma rede de pods que levitam sobre trilhos elevados.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *