Inteligência artificial chega ao varejo norte-americano

A inteligência artificial estará presente em dez lojas da Macy's nos Estados Unidos (Imagem de divulgação / Macy's)

A inteligência artificial estará presente em dez lojas da Macy’s nos Estados Unidos (Imagem de divulgação / Macy’s)

A Macy’s, rede norte-americana de lojas de departamentos, anunciou uma parceria com a IBM para utilizar o sistema de inteligência artificial Watson como forma de mudar a maneira que os clientes se relacionam com a marca. Apelidado de “Macy’s On Call”, o programa permitirá que os clientes usem os seus smartphones para tirar dúvidas sobre os produtos do tipo “onde posso encontrar vestidos femininos?” ou “onde fica o restaurante?”, conforme reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo”. Ao contrário de alguns robôs virtuais que possuem apenas respostas pré-programadas baseadas em palavras chaves, o sistema Watson,  com o tempo e o contato com os clientes, vai aprendendo e dando respostas personalizadas.

Desenvolvida pela IBM, a inteligência artificial Watson ganhou fama em 2011 ao vencer um programa de televisão americano de perguntas e respostas chamado “Jeopardy!”. O Watson competiu com dois dos campeões do “Jeopardy!” mais famosos e bem-sucedidos do mundo – Ken Jennings e Brad Rutter. A rede Macy’s teve a ideia de investir no sistema com inteligência artificial após observar o comportamento de seus clientes com o aplicativo da loja. Um dos recursos mais utilizados, por exemplo, era o escaneamento do código de barra de produtos para checar o preço.

Segundo o jornal “O Estado de S.Paulo”, outras varejistas norte-americanas usam aplicativos para interagir com os clientes. A Target, conhecida de lojas de departamentos, desenvolveu o aplicativo Cartwheel, que oferece descontos aos clientes e ajuda a encontrar os produtos nas araras, e o  Walmart criou seu próprio sistema de pagamento por celular com seu aplicativo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *