Inteligência artificial do Google aprende a editar fotos e resultado é excelente

Inteligência artificial do Google aprende a editar fotos e resultado é excelente

O último experimento do Google com inteligência artificial está sendo aplicado na edição de fotos. E o resultado até aqui beira o profissionalismo. Para capacitar a máquina, o Google apresentou algumas imagens editadas junto com outras sem nenhum tipo de modificação e depois deixou que ela aplicasse suas técnicas.

Para os testes, o sistema de inteligência “mexeu” em cerca de 40 mil fotos panorâmicas retiradas do banco de imagens da plataforma Google Street View. O tratamento dado às fotos foi o recorte, o ajuste de ângulos, equilíbrio de cores e aplicação de alguns efeitos específicos. O antes e depois das imagens modificadas foi postado em um site e o que parecia estar bom ficou ainda melhor.

Jasper National Park, Canadá

Em entrevista ao portal The Verge, o engenheiro de software responsável, Hui Fang, diz que o projeto usa técnicas de aprendizado de máquinas para treinar a rede neural para escanear milhares de imagens do Street View. O software então imita o fluxo de trabalho de um fotógrafo profissional para transformar a imagem em um panorama agradável. om exemplo de como o sistema de inteligência artificial pode ser treinado para executar tarefas que não são binárias, isto é, atividades mais subjetivas, que não possuem respostas certas ou erradas, como é o caso da arte e da fotografia. O trabalho de edição de imagens requer atenção e precisão. Normalmente são os  próprios fotógrafos que têm de escolher manualmente quais efeitos de iluminação e/ou filtros de saturação cabem melhor em determinada foto.

Interlaken, Suíça

Para testar a eficiência do software, as fotos editadas foram misturadas com outros retratos modificados por humanos e submetidas à avaliação de fotógrafos profissionais. Cerca de duas em cada cinco receberam pontuação igual à de um semi-profissional ou profissional.

O trabalho de um fotógrafo é muito mais do que disparar cliques. A pós-produção é tão ou mais importante para o resultado final, principalmente quando o ambiente fotografado são paisagens naturais. Cada lugar possui uma iluminação especial, contrastes e cores variadas, o que tornar mais trabalhosa a edição.

Os experimentos do Google deixam agora uma dúvida: se este tipo de ferramenta facilitará a vida do fotógrafo, de modo que ele fique responsável “apenas” pelo registro das imagens, ou se este tipo de inovação afetará também no mercado de trabalho destes profissionais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *