Inteligência Artificial pode revolucionar o atendimento na saúde

É possível que o atendimento recebido diariamente em hospitais e postos de saúde seja feito por médicos e enfermeiras diferentes em um futuro próximo: um relatório feito pelo Institute for Public Policy Research (IPPR), no Reino Unido, mostrou que a automação de recursos e a inclusão de robôs no setor de saúde será uma tendência nos próximos anos.

“A automação apresenta uma oportunidade significativa para melhorar tanto a eficiência quanto a qualidade do atendimento”, disse Lord Darzi, ex-ministro da saúde britânico, ao The Guardian. Os robôs poderão ajudar os pacientes a fazer suas refeições, a se recuperar das operações e até mesmo a diagnosticar doenças graves, por meio de sofisticados sistemas de Inteligência Artificial (I.A.). Algoritmos de aprendizado das máquinas deverão ser usados para diagnósticos mais precisos de doenças como pneumonia, câncer de mama e pele, doenças oculares e problemas cardíacos.

Além dos serviços práticos para ajudar na recuperação de pessoas, a automação de algumas áreas dos hospitais também podem trazer benefícios. Os sistemas baseados em IA, incluindo algoritmos de aprendizado de máquina, seriam usados para diagnósticos mais precisos de doenças como pneumonia, câncer de mama e pele, doenças oculares e problemas cardíacos. A tecnologia digital também poderia assumir a comunicação das anotações dos pacientes, a marcação de consultas e o processamento de prescrições.

A tecnologia digital poderá ser utilizada, também, nas áreas de comunicação, marcação de consultas e no processamento de prescrições. O relatório se preocupa, entretanto, em garantir que a utilização de robôs não resultaria na demissão de milhares de pessoas: para o benefício dos pacientes, as máquinas precisam trabalhar em conjunto com seres humanos, não os substituindo. Só na Inglaterra, cerca de 1.3 milhões de pessoas trabalham na área da saúde.

Leia também: Como a revolução na saúde será impressa em 3D


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *