Investigação conclui que Tesla não foi responsável por acidente fatal

Tesla altera sistema de piloto automático de seus veículos.

No ano passado, o motorista Joshua Brown faleceu no primeiro acidente envolvendo um carro autônomo da Tesla. Este mês, as autoridades norte-americanas responsáveis pela investigação do caso anunciaram que a empresa não teve culpa pelo ocorrido.

Segundo o portal Gizmodo, a NHTSA (órgão federal americano de segurança no trânsito) não encontrou evidências de defeito no sistema. Com isso, a Tesla não terá que realizar recall dos carros do modelo nem pagar qualquer tipo de multa. A investigação também concluiu que Brown teve sete segundos para reagir ao obstáculo, mas não estava prestando atenção na estrada. A suspeita é que ele estava assistindo um filme em um DVD portátil.

Leia a nota oficial completa aqui 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *