Matemática, ciência e tecnologia para aprender brincando

Em uma época na qual muitas crianças aprendem a mexer no celular antes mesmo de dizer as primeiras palavras, a Amazon criou uma iniciativa para estimular a curiosidade dos pequenos em relação à tecnologia – e não apenas como usuários desses equipamentos mas, quem sabe, futuros inventores!

No STEM Club Toy, um serviço de assinatura que custa US$ 19,00 mensais, as crianças recebem todo mês um brinquedo relacionado às áreas de ciência (Science), tecnologia (Technology), engenharia (Engeneering) ou matemática (Math), ou seja, STEM. Desenvolvidos e escolhidos por especialistas, estes brinquedos incentivam o aprendizado através do brincar, do descobrir e do construir.

Muito mais do que simples brinquedos, os produtos da Amazon tem como objetivo ganhar a atenção das crianças – e a empresa tem alcançado bons resultados. Nas avaliações dos clientes, pais de crianças com Transtorno de Deficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) mencionaram como a utilização destes brinquedos teve um efeito positivo na educação de seus filhos. Avaliado em 4.3 de 5 estrelas e com mais de 1.000 comentários, estes kits oferecem uma boa vantagem competitiva em relação ao futuro  dos pequenos – mantendo-os ocupados ao mesmo tempo.

“A engenharia é mais do que seguir instruções em uma folha de papel, é pegar conceitos e aplicá-los de novas maneiras para construir algo novo. Os brinquedos que recebi até agora são do tipo de brinquedos que são divertidos para eles brincarem, mas também fornecem aquela “faísca” que os ajudará a pensar em novas formas intuitivas de construir coisas. Eu definitivamente recomendo”, disse o usuário Johnny J. Ray ao Mashble.

Um brinquedo para cada fase

Com a possibilidade de personalizar o produto de acordo com a idade de cada criança, os brinquedos podem ser repassados para irmãos mais novos conforme as etapas de crescimento. É possível, inclusive, uma assinatura mista para pais que tenham filhos de diferentes idades.

Nos EUA, os kits estão disponíveis para crianças a partir de três anos. Na faixa de 3 a 4 anos, os brinquedos ajudam a criança a elaborar  conceitos simples relacionados à contagem, construção e às leis de causa e efeito dos fenômenos físicos, dando aos pequenos uma base sólida, complementar aos aprendizados da pré-escola. Os indicados para a faixa entre 5 e 7 anos têm como objetivo estimular os pequenos aprendizes a usar experiências práticas para explorar a eletricidade, a ciência da terra e a matemática simples.

Os kits de 8 a 13 anos são realmente impressionantes: criados para os crianças que já foram picadas pelo mosquitinho da inovação tecnológica,  eles oferecem muitos desafios, com projetos e experiências em princípios de física, química e engenharia. Alguns projetos podem exigir um pouco de ajuda dos adultos – uma oportunidade para a criação de bons vínculos familiares.

No Reino Unido há opções de 0 a 2; 3 a 4; 5 a 7; 8 a 11 e 12 a 15 anos. Além disso, a categoria de Artes foi incluída, transformando a sigla em STEAM. No Brasil o serviço de assinatura STEM Club ainda não está disponível.

Para Arie Halpern, iniciativas como a da Amazon contribuem para que crianças e jovens estejam cada vez mais preparados para o futuro. “As próximas gerações terão grandes desafios pela frente em termos ambientais e sociais. As tecnologias abrem oportunidades para que nossos filhos tenham os melhores e os mais diversos suportes para desenvolver o conhecimento e se tornarem os adultos que moldarão o nosso mundo, fazendo emergir um senso global de comunidade”.

Leia também: Tecnologia Comestível: Como as inovações vieram parar em nosso prato.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *