Nave não tripulada visitará Marte em 2018

Marte

Crédito: SpaceX Flickr

A empresa privada SpaceX está trabalhando para enviar um veículo espacial à Marte daqui a dois anos, em 2018. O Red Dragon (“Dragão Vermelho”, em tradução livre) vai visitar o planeta vizinho com o objetivo de estudar a sua arquitetura para missões futuras.

A empresa, que vem desenvolvendo este projeto desde 2011, fez um comunicado oficial em seu Twitter sobre o lançamento da nave não tripulada no último dia 27. Segundo o Business Insider, o grande plano da SpaceX é criar uma era de foguetes reutilizáveis. Quando uma nave é colocada em órbita, uma parte dela é deixada para trás, no espaço. Essa parte abandonada é o “motor” que permite que a nave entre em órbita. O plano da SpaceX é trazer esta peça do foguete de volta para a Terra e depois reutilizá-la em outro lançamento.

Os primeiros testes da empresa com o foguete Falcon 9 foram bem sucedidos. A nave retornou de um lançamento até a Estação Espacial Internacional (ISS) e foi relançado novamente no início deste ano. Mas para chegar até Marte o desafio é maior. O Red Dragon vai precisar de um motor muito mais potente.

Outra novidade da SpaceX é a forma como estão planejando a aterrissagem do módulo no planeta vermelho, seguindo um roteiro totalmente diferente do usado pela NASA em 2012, quando o rover Curiosity aterrissou em Marte. A grande diferença é que o Red Dragon terá propulsores que, ao entrar na órbita do planeta, serão acionados para reduzir a velocidade da cápsula e permitir que uma aterrissagem sem grandes impactos que possam causar danos em sua estrutura. Se esse modelo de lançamento se mostrar eficaz, as viagens tripuladas até o Marte ficarão um passo mais perto de se tornarem realidade. A tecnologia da SpaceX ainda não comporta seres humanos a bordo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *