Arie Halpern: os destaques do Wired Festival Brasil

Arie Halpern: os destaques do Wired Festival Brasil

O Wired Festival desembarcou pela segunda vez na cidade do Rio de Janeiro e pela terceira vez no Brasil nos dias 01 e 02 de dezembro. O principal encontro de inovação e tecnologia do País e um dos maiores do mundo reuniu mais de 50 empreendedores, investidores e especialistas em tecnologias disruptivas em palestras e workshops. Confira os principais destaques do Wired Festival Brasil, apontados por Arie Halpern, economista e empreendedor focado em tecnologia e inovações disruptivas.

Uma das inovações mais interessantes apresentadas é de um brasileiro. Criado por Everton Simões Van-Dal, o plástico verde feito da cana de açúcar é usado pela Nasa e tem se mostrado uma ótima solução para reduzir custos. O produto é feito por impressão 3D, o que entrega mais autonomia às equipes da agência espacial norte-americana. “O bom da impressão 3D é que você pode enviar um e-mail e imprimir a peça lá. “Reduzimos custo e tempo. Além disso, viabiliza a reciclagem. É um marco”, contou o pesquisador ao site do portal O Globo.

Sustentabilidade também foi o centro das atenções durante a apresentação da startup brasileira Boomera. A empresa iniciante transforma resíduos normalmente ignorados nas cooperativas de reciclagem, como fraldas usadas, cápsulas  de café. BOPP (tipo de plástico revestido com alumínio). Todos esses produtos são reaproveitados com o uso de tecnologia.

Algumas invenções curiosas também passaram por lá. É o caso do traje voador e resistente desenvolvido por Richard Browning. A armadura que lembra muito a criação de Tony Stark, do filme “Homem de Ferro”, foi motivada  pela vontade de Browning em mostrar a tecnologia para seu filho. Mas ele sabe que a criação pode ser útil para fortalecer a polícia de grandes cidades. Com seis microturbinas a gás com querosene, com 22 kg de impulso cada, ela ainda não alcança voos muito altos, mas já atingiu velocidade superior a 51 km/h.

O robô de Browning foi apresentado em três oportunidades, em uma clara intenção do evento se tornar cada vez mais popular entre as crianças. Cozmo, por exemplo, é um produto que ganhou a simpatia de muitos pequenos. O robozinho inteligente que tem personalidade própria e reconhece o dono é capaz de brincar de vários jogos, como esconde-esconde (sim, ele consegue fechar os olhos para que as crianças se escondam).

O Brasil está entrando de vez para a rota de eventos sobre inovação e tecnologia. A presença regular de um evento como o Wired Festival mostra isso. Além dele, há a Campus Party, PICNIC, TED, RD Summit, entre outros. “É animador contar com esses eventos em território nacional. É uma motivação a mais para que seja criado um ecossistema sólido de ideias e criações”, afirma Arie Halpern.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *