Os maiores destaques da conferência Google I/O, segundo Arie Halpern

Conheça as maiores novidades do evento Google I/O, segundo Arie Halpern

Na conferência anual de desenvolvedores do Google, a Google I/O, realizada durante essa semana na Califórnia (Estados Unidos), a gigante da tecnologia mostrou que a inteligência artificial e, em particular, o processo de aprendizagem das máquinas, vai dar o tom das inovações tecnológicas nos próximos anos. É no desenvolvimento da I.A. que estão os maiores destaques da conferência Google I/O, segundo Arie Halpern. “O esforço é para ampliar o repertóri dessas tecnologias, para que elas possam ler e interpretar desde frases até imagens e expressões faciais. Podemos esperar por uma aceleração nas disrupturas provocadas por essas tecnologias”, explica o economista e empreendedor com foco em inovação e tecnologias disruptivas.

Logo na abertura do evento, nessa quarta-feira (17/05), a empresa anunciou o Google Lens, uma espécie de evolução do Google Goggles. O sistema é bem interessante e representa a busca por avanços de inteligência artificial na leitura de dados visuais. Com a ajuda do Google Assistant, o Lens é um poderoso reconhecedor de imagens.  É só apontar a câmera de seu celular para um objeto e deixar que a assistente do Google o reconheça. Para exemplificar, o Lens identificou a espécie de uma flor durante o evento. Outra funcionalidade interessante é conectar o celular no wi-fi apenas com um reconhecimento do número de série do roteador ou apontar para um restaurante e de imediato receber opiniões e informações sobre o estabelecimento.

Outro gadget especial que foi conhecido no evento do Google foi o VPS (do português, Sistema de Posicionamento Virtual). Diferente do GPS (Sistema de Posicionamento Global), este dispositivo é mais preciso, ou como disse o chefe das operações de realidade virtual, Clay Bavor, “o GPS pode levar você até a porta, mas então o VPS te leva até o que você está procurando”. Com esta declaração, Bavor quer dizer que o novo sistema preenche uma carência de precisão do GPS. Mais uma vez, a câmera é a protagonista, a fim de treinar o computador a entender dados visuais, neste caso, objetos e caminhos para a formação de mapas.

Depois de ser anunciado no Google I/O do ano passado, o Google Home volta em 2017 com melhoras. De olho na evolução do sistema Alexa, da Amazon, o alto-falante inteligente do Google também está se aproximando dos telefones. Com a nova atualização, agora é possível atender a uma chamada sem usar as mãos. Para atender diversos moradores de uma casa, haverá reconhecimento de voz. Além disto, com a ajuda do Google Assistant, poderá conectar diversos canais, como HBO, a uma tela estabelecida.

A hora e a vez é também da realidade aumentada. O Google Expeditions ganha uma nova roupagem com a ajuda da plataforma de RA, Tango, e do sistema do Maps para proporcionar uma educação mais imersiva nas escolas. Com isto, os alunos podem utilizar um dispositivo móvel com suporte Tango para ver modelos tridimensionais dentro do ambiente escolar.

Para Arie Halpern, o  mercado tende a ser remodelado por estes saltos tecnológicos a cada ano. Por ora, essas pesquisas constituem a vanguarda dos avanços tecnológicos. Até que sejamos surpreendidos por algo que ainda não imaginamos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *