Parlamento Europeu sanciona leis para proteção de dados

Bigdata

Discutida desde 2012, a Regulação Geral de Proteção de Dados foi aprovada na última semana pelo Parlamento Europeu. No texto, a nova lei de proteção aos dados pessoais outorga maior poder sobre a coleta e o tratamento dos dados para os cidadãos dos 28 países membros da União Europeia. Com esse novo conjunto de leis, além das empresas privadas precisarem ter autorização expressa para usar as informações dos usuários, a União Europeia expandiu o “direito ao esquecimento”, que vigora desde 2014. O que antes valia apenas para veículos, serviços e mecanismos de busca que continham informações mentirosas, passa, a partir da atualização, a se aplicar também a perfis e páginas em redes sociais, que podem ser tiradas do ar, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”, caso contenham informações banais que sejam indiferentes para o entendimento do caso/notícia. Com o upgrade no texto, a União Europeia pretende conduzir, com mais cuidado, o acesso de empresas e governos às informações fornecidas pelos cidadãos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *