Pesquisadores desenvolvem bateria à prova de incêndio

bateria

Dispositivo funciona como extintor de incêndio para bateria

Não é raro ouvir relatos de smartphones que pegaram fogo devido ao superaquecimento de suas baterias. Esse problema, no entanto, pode estar com os dias contados. Pesquisadores da Universidade de Stanford publicaram artigo na revista científica Science Advances sobre o desenvolvimento de uma bateria de lítio-íon que contém um material que apaga incêndios. As informações são do portal BBC.

Essas novas baterias contém fosfato de trifelina (TPP), um material que tem propriedades de retardar o avanço do fogo em equipamentos eletrônicos. O TPP ficará armazenado em um pequeno compartimento próximo ao fluído de eletrólito presente nas baterias de lítio-íon. Caso a bateria fique muito aquecida, aproximadamente 150°C ou mais, o compartimento, feito de plástico, derrete, liberando o material.

Nos testes realizados em laboratórios, o fosfato de trifelina foi capaz de extinguir o fogo em 0,4 segundos. Outras testes realizados mantendo o TPP dentro das baterias não apresentaram boa performance.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *