Reino Unido passará a usar drones em sistemas de vigilância

A polícia britânica estuda um projeto para utilizar drones em sistemas de vigilância, como uma espécie de “esquadrão voador”. No momento, as autoridades ainda estão procurando um executivo para liderar a iniciativa, que vai consumir seis meses de testes antes de ser inserida permanentemente no sistema de segurança britânico, segundo o portal Gizmodo.

A ideia de usar drones foi sugerida no ano passado pelo inspetor Andy Hamilton, por avaliar que para capturar fotos ou vídeos em terrenos de difícil acesso, o dispositivo pode ajudar a encontrar pessoas desaparecidas, combater incêndios florestais e evitar incidentes com armas de fogo. “Os drones permitirão que os policiais tenham informações vitais, rapidamente e de forma segura”, disse ele.

A iniciativa, no entanto, causou desconforto. As maiores queixas são sobre a perda de privacidade para os civis, já que a Inglaterra é um país conhecido pelo alto controle de vigilância de seus cidadãos – há uma câmera de vigilância para cada 10 moradores. Outro fator é o medo de uma onda de demissões por parte dos policiais, à medida em que os drones forem substituindo o trabalho de policiais humanos. “Eu não ficaria surpreso ao saber que outras forças policiais passaram a seguir esse curso. A questão não é se, mas quando”, disse o chefe-assistente Constable Steve Barry ao portal Daily Mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *