Gafe do “L. A. Times”: robô jornalista reporta notícia de 1925

Gafe do “L. A. Times”: robô jornalista reporta notícia de 1925

O “Los Angeles Times”, um dos jornais mais respeitados dos Estados Unidos, noticiou na tarde dessa quarta-feira (22/5) um terremoto na cidade de Santa Barbara, com magnitude de 6,8 graus na escala Richter, o suficiente para se notar o tremor. Só que o terremoto em questão ocorreu no ano de 1925. A notícia foi publicada no site e no Twitter por um sistema automatizado. O “Los Angeles Times” apagou as postagens e explicou o motivo do erro.

“Nós deletamos um tweet automático que tratava de um terremoto de 6,8 graus em Isla Vista. Esse terremoto aconteceu em 1925”, escreveu o veículo na conta oficial do Twitter.

O que aconteceu foi um erro de um funcionário da USGC, agência norte-americana que monitora terremotos. Ele enviou por engano ao robô um alerta do tremor enquanto atualizava os dados históricos do site. O “Los Angeles Times” utiliza o algoritmo Quakebot, que se guia por esses dados para publicar notícias automaticamente.

O terremoto de 1925 matou 13 pessoas e causou mais de US$ 8 milhões em danos. É provável que, se um acidente dessa mesma proporção ocorresse nos dias de hoje, esses números seriam ainda maiores.

O “Los Angeles Times” utiliza o Quakebot desde 2014 e já informou sobre centenas de terremotos, de proporções grandes e pequenas. Esse foi o primeiro erro noticioso desde sua estreia e provavelmente não será o último, já que o jornalismo está ficando cada vez mais automatizado.

Esse erro coloca em debate a automatização das notícias. O computador pode ser um facilitador para informações específicas, mas, sobretudo, deve contar com o olhar atento de um profissional. Nesse caso, por exemplo, o erro poderia ser evitado, uma vez que o alerta do terremoto foi anunciado no dia 29 de junho de 2025.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *