Toronto: o novo polo de startups de tecnologia

Toronto: polo de startups

Toronto: polo de startups

Toronto deve se tornar um dos maiores centros de startups de tecnologia nos próximos dez anos, junto com as cidades de Nova York e de Londres, segundo o portal TechCrunch. Os principais motivos para isso são o número de estudantes que se formam em engenharia todo ano, os investimentos do governo canadense em tecnologia, a eficiência do transporte e da saúde pública e a cultura empresarial do país.

Quarta maior cidade da América do Norte, perdendo apenas para Nova York, Los Angeles e Chicago, a cidade de Toronto abriga 150 mil estudantes matriculados em cursos de engenharia. Um número que indica o potencial de surgimento de novas startups na cidade. Afinal, as estatísticas mostram, segundo o mesmo portal, que 37% dos líderes de empresas de empreendedorismo saem das universidades de engenharia. A cidade também foi classificada como uma das mais multiculturais do mundo, com mais da metade da população nascida fora do país. Ter uma população diversa também é considerado um precedente para o nascimento de uma startup.

Os investimentos do governo em programas de desenvolvimento tecnológico, como o SRED (Scientific Research and Experimental Development), que garante menores taxas nos financiamentos de  pesquisas científicas para melhorar produtos ou processos que lidem com tecnologia, e o International Science and Technology Partnerships Program, que oferece apoio financeiro para pequenas e médias empresas de ciência e tecnologia.

O portal ainda cita a eficiência dos programas de saúde e de transporte público como razões para as startups estarem surgindo na cidade ou se mudando para lá. Segundo a reportagem, como todos os canadenses têm acesso a cuidados gratuitos na área de saúde, os trabalhadores não se sentem pressionados a manter um emprego apenas para conseguir um plano de saúde, e ficam encorajados para assumir riscos e trilhar o caminho empresarial. As startups, por sua vez, podem usar o dinheiro que usariam com a saúde dos funcionários para investir no crescimento dos negócios.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *