Um carro para voar nas Olimpíadas

Um carro para voar nas Olimpíadas

A Toyota está dando início à construção de um carro-voador. A montadora japonesa se juntou ao projeto chamado Cartivator, que almeja usar a invenção para acender a tocha olímpica nos Jogos Olímpicos de Verão em 2020, em Tóquio. O Skydrive, nome dado ao veículo, planeja fazer voos tripulados até o fim de 2018. 

A contribuição financeira da Toyota para a Cartivator é de cerca de 40 milhões de ienes (cerca de 350 mil dólares). A quantia não é tão alta se levado em conta o tamanho da empresa e a ambição do projeto, mas por estar baseado em doações de crowdfunding online (uma espécie de “vaquinha” virtual), é uma ajuda relevante. Além do mais, o financiamento do protótipo promete ser o menor para um carro voador.

Com 9,5 metros de comprimento e pouco mais de 4 metros de largura, o Skydrive seria capaz de alcançar velocidades de cerca de 100 km por hora. E, como pode ser visto no vídeo abaixo, é muito parecido com o voo de um drone. Pelos planos da Cartivator, até 2050, qualquer pessoa do mundo terá acesso a um carro-voador como o Skydrive. Para isto, o desafio é desenvolver tecnologia de controle das hélices para estabilização do voo.

Alçar voos dentro de carros é visto como a solução para desafogar o trânsitos nas grandes cidades, além de se tratar de um meio de transporte não poluente. Entretanto, junto com a popularização desses carros voadores que o projeto promete desenvolver, um novo conjunto de leis e regras de trânsito e segurança deveria ser implementado.

Apesar de o projeto estar centrado na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, ainda não é certo como eles farão para acender a chama olímpica.

O momento de acender a tocha nas Olimpíadas é sempre muito esperado e, a cada edição, o país-sede dos Jogos tenta algo diferente. Em 1992, em Barcelona, o arqueiro paraolímpico espanhol Antonio Rebollo acertou uma flechada de uma distância de 30 metros e entrou para a história. Vinte e seis anos depois, a tecnologia quer superar o homem nesse momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *